quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Nao Vah ao Kitai Sushi Bar

O rodízio custa R$ 57,50 e fica em Moema mas não se deixe enganar pelo preço e localização. Um dos piores atendimentos que já vi. Descaso e desrespeito são adjetivos que não conseguem explicar um por cento da experiência vivida.

nao vah ao kitai sushi bar
Nao vah.

Estávamos em 11 pessoas e com horário agendado. O atraso de 40 minutos para sentar à mesa não foi motivo pra o começo do estresse, visto que a hostess nos mantinha informado a todo instante e com uma simpatia que destoava do restante da brigada.

Fizemos os pedidos de bebidas e porções iniciais e, mesmo com vários alertas do Reclame Aqui, tudo parecia tranquilo.

O buffet de pratos quentes não fazia jus ao preço da empreitada mas por voltas das 16hs a fome faz alguns milagres na percepção dos sabores.

Os quase 10 temakis vieram em tempo justo. A segunda e parcial remessa de shimeji solicitada não demorou também. O combo de sashimi estava ok. Não valia as quase 60 dilmas mas não chegava a decepcionar. [Meta-comentário: Ué, não era um blog com recomendações de lugares ruins?]

O estress começou quando pedimos uma segunda remessa de temakis. Esperamos um bom tempo com bom humor. A partir daí o mesmo garçom que nos atendia sumiu e/ou fazia de desintedido quando o chamávamos, e de longe, pois ele já não chegava mais próximo da mesa. Outro garçom passou a nos atender. "Você pode ver se estão fazendo nossos temakis?". E o segundo garçom ia mas não voltava.

Alguns amigos da mesa já estavam desistindo, pensando em pedir a sobremesa, outros relutavam com os pratos quentes do buffet que estava só na rapa da panela. E nada dos temakis. Levantamos e fomos até a cozinha ver se estavam ao menos preparando os cones. Nada. A essa altura o salão já estava vazio e contávamos os minutos para começarem a colocar as cadeiras em cima das mesas. Antes disso acontecer concluímos que o jeito era pedir a conta. Tem horas que não adianta dar murro em ponta de faca.

Sempre tento ver o outro lado da história. Porque o dono do lugar orienta tão mal seus funcionários? Será que orienta? Seria recomendação do próprio dono? Em último, caso chego a imaginar se o estabelecimento já não estaria vendido, por isso tamanha displicência. É lógico que, se fosse esse o caso, ainda assim não deveria ser motivo, mas o consumidor é tão maltratado e acomodado numa zona de conforto de péssimos atendimentos que chega a ser até explicável. Mas não deveria acontecer.

Kitai - Chão e assento sujos.
Kitai - Chão e assento sujos.

Kitai - Dispenser sem sabonete nem papel toalha.
Kitai - Dispenser sem sabonete nem papel toalha.

Kitai - Dispenser caído.
Kita - Dispenser caído.